Em Portugal existem mais de 17 milhões de smartphones ativos.

Claramente mais de metade população tem 2 smartphones o que é interessante, mesmo com o dual sim em muitos equipamentos.

Achei interessante que 43,5% das pessoas – jovens, adultos e adultos mais velhos – utilizarem a Internet como forma de “escape” ou para aliviar o seu estado psicológico. Com tantos perigos na Internet grande parte do uso é escape do estado psicológico?!

A Ordem dos Psicólogos Portugueses criou um guia com recomendações sobre ecrãs e tecnologias digitais.

  • TmpodMA
    link
    fedilink
    arrow-up
    3
    ·
    12 days ago

    Tenho a sensação que o dual SIM tem vindo a aparecer menos nos novos modelos, o que é pena. É mais uma desculpa para as pessoas comprarem um segundo aparelho em vez de usarem o mesmo para os dois fins…
    Mas também não esperava esse número tão elevado de dispositivos, tendo em conta que também ainda há bastante gente sem smartphones, apenas com telemóveis “de teclas” ou até mesmo sem nenhum. Eu cá às vezes gostava de ter só uma coisa com botões físicos, mas a Blackberry desapareceu e o smartphone é demasiado versátil… De qualquer das formas, prefiro imensamente mais os modelos compactos que os phablets que se fazem passar por telemóveis normais hoje em dia.

    A questão do escape não me surpreende muito, com o estado em que “as coisas” (de um modo muito geral) andam, e com a dependência que vamos criando nestes escapes (em muito impulsionada pelos financeiramente interessados).

    A Ordem dos Psicólogos Portugueses criou um guia com recomendações sobre ecrãs e tecnologias digitais.

    Interessante. Eis o documento (para quem não abriu a notícia): https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/opp_vamosfalarsobreecrasetecnologiasdigitais.pdf